• José Alsanne

Baixada Fluminense unida pelo fim da LGBTfobia!


Ato em Nova Iguaçu reuniu representantes do Poder Público, coletivos culturais, familiares e amigos do produtor Adriano Cor, morto em Nova Iguaçu, por crime de ódio

Em agosto de 2016, familiares e amigos do artista e produtor Adriano da Silva Pereira – encontrado morto por crime de ódio, segundo a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense – se reuniram na Praça Rui Barbosa, no Centro de Nova Iguaçu para reforçar a urgência do fim da LGBTfobia.

Para o irmão de Adriano, também conhecido como Adriano Cor, o fotógrafo Mazé Mixo, a sociedade vê e entende o sexo de forma incorreta, esse é o início do problema. “Quando se fala de homossexualidade, se toca numa questão muito delicada. Só que a questão não é só o sexo, é o amor. Dois homens não só fazem sexo, mas eles se amam”, opina. “Nós precisamos olhar pra frente, como sociedade, como pessoas de bem”.

Mazé também destacou a importância do policiamento constante em relação às piadas cotidianas, vistas como “inocentes” por alguns. “Nós todos temos atitudes homofóbicas, racistas e machistas, mas temos que nos policiar. Pensar ‘eu não posso falar isso’, porque esse tipo de comentário alimenta uma pessoa doente, desequilibrada que faz um ato como o que aconteceu”. Para ele, também é importante discutir o tema em todos os lugares, como praças, salas de aula e almoços em família. “Eu nunca vou tolerar, como nunca tolerei, alguém fazendo piada de viado, de sapatão, de traveco. Isso não é certo, nem engraçado”, conclui.

De acordo com a coordenadora de políticas para a diversidade sexual de Mesquita, Marisa Justino, os mais intolerantes são os jovens. “Isso é incompreensível, porque a juventude tem tudo para respeitar e ser tolerante. Está estudando, tem cabeça fresca, é a faixa da população mais incluída na sociedade. Ninguém é obrigado a gostar de gay, lésbica ou travesti. É como a questão do jiló, não gosta, não come. Agora comer e matar é sacanagem”, frisa.

Assista ao vídeo completo:

#vídeo #fimdalgbtfobia #contraalgbtfobia #lgbtfobiamata

1 visualização

© 2019 por L2 Mídias Sociais

 (21) 96658-0958 | contato@canalpla.com

  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook B&W
  • White YouTube Icon