• José Alsanne

Estudantes de Arquitetura visitam o Complexo do Alemão


Durante o Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura, alunos de todo o país conversaram com moradores do Complexo do Alemão e representantes do Instituto em Movimento, sobre ocupação do espaço público, a ausência de diálogo com o Poder Público e outros temas

Em 2015, a cidade do Rio de Janeiro recebeu a 39º edição do Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura (ENEA), organizada pela Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (FENEA). Esta edição teve como tema central as lutas sociais e a organização dos movimentos sociais.

Como parte da programação, alunos de Estados de todas as regiões do país visitaram o Morro do Alemão, no Complexo do Alemão, Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Os alunos conversaram com moradores e realizaram um mutirão de plantio na Praça Verde da Central, terreno vazio e abandonado, localizado na Avenida Central, que foi revitalizado através de uma parceria entre os moradores e o Instituto Raízes em Movimento.

A universitária Kátia Pupo, moradora de São Vicente, na Baixada Santista, em São Paulo, contou que se interessou em conhecer o Complexo do Alemão pelo seu histórico relevante de lutas sociais. “O que chega até mim através da mídia sobre este território são as operações e confrontos da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) com os traficantes e a constante violência e tiroteios. Dá uma impressão de que não se pode circular com segurança nas ruas. Muitos alunos até ficaram com medo de vir”, relata. “Vimos que é tranquilo, só me surpreendi com o grande número de policiais armados, isso eu achei um pouco esquisito”, conclui.

Na ocasião, os alunos também conheceram a sede do Raízes em movimento e conversaram com o fundador e diretor da instituição, Alan Brum Pinheiro. Ele falou sobre a história de resistência dos moradores, algumas políticas públicas implementadas nos últimos anos, a falta de diálogo do Poder Público com os moradores durante a implantação dessas políticas – como o PAC Favela – e sobre a ineficiência do sistema de teleférico, implantado pelo Governo do Estado, em 2011.

O jornalista do Plá, Lucas Lima, participou do encontro. Parte deste bate papo está no vídeo abaixo.

#ENEA #FENEA #RaízesemMovimento #ComplexodoAlemão #Ocupaçãodoespaçopúblico #espaçopúblico #vídeo

0 visualização

© 2019 por L2 Mídias Sociais

 (21) 96658-0958 | contato@canalpla.com

  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook B&W
  • White YouTube Icon